Carregando...
Você está aqui: Home > A Câmara de Piraquara/PR > História de Piraquara

História de Piraquara

HISTÓRIA DE PIRAQUARA

Antes da chegada dos primeiros europeus à região atualmente ocupada pelo município de Piraquara, a mesma era frequentada, durante o verão, por índios carijós (um ramo dos índios guaranis), os quais viviam, durante a maior parte do ano, no litoral. O povoamento de origem europeia dos Campos Gerais de Curitiba teve início por volta de 1660, nos trabalhos de mineração à procura de ouro realizados pelos bandeirantes, vicentistas e portugueses. Arraial Grande foi um dos núcleos fundados por mineradores: dele, se originaram Curitiba, o atual município de São Jose dos Pinhais e o de Piraquara.

O mineiro Manoel Picam de Carvalho, um dos pioneiros da colonização do município de Araucária, acompanhando as lutas pela procura do ouro no planalto curitibano, fundou, por volta de 1700, uma fazenda, formando um pequeno arraial de mineração no local onde, hoje, se encontra o município de Piraquara. Em 1731, Manoel Picam de Carvalho vendeu a sua fazenda a Antônio Esteves Freire e a dona Isabel da Serra, sua sogra. Nessa época, além da fazenda já referida, havia outras nas vizinhanças que, em conjunto, formavam um povoamento que recebeu a denominação de Piraquara.

Apesar de sua antiguidade, o povoado de Piraquara permaneceu estacionário durante muitos anos, como parte integrante do Distrito Policial, depois Município de São José dos Pinhais. Seu progresso, especialmente nos setores da agricultura e da pecuária, iniciou com a vinda de imigrantes europeus, principalmente italianos que, em 1878, aqui chegaram em número aproximado de 350 pessoas e fundaram a Colônia Santa Maria, atual Nova Tirol. Outro fator de progresso da localidade ocorreu em 1885 com a inauguração da Estrada de Ferro do Paraná, ligando o litoral paranaense a Curitiba, com os trilhos passando por Piraquara, onde foi construída uma estação.

Em 1885, a povoação foi elevada a freguesia, com a denominação de Senhor Bom Jesus de Piraquara. Em 1890, passou à condição de vila, desmembrada de São José dos Pinhais e com a nova denominação de "Deodoro" em homenagem ao marechal Manoel Deodoro da Fonseca. Ainda em 1890, foi criado o município, com sede na Vila Deodoro, o qual voltou a denominar-se Piraquara em 1929.

Piraquara, com seus mananciais, é área de proteção ambiental e responsável por cinquenta por cento do abastecimento de água da grande Curitiba. Atualmente, abriga o maior complexo penitenciário do Paraná. O aniversário da cidade é em 29 de janeiro e seu padroeiro é Senhor Bom Jesus dos Passos. Sua população, segundo a contagem realizada em 2010 pelo Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, é de 93.207 habitantes.

 

HINO DO MUNICÍPIO

Letra de João Rodrigues de Oliveira e Melodia por Aldo Ademar Hasse

Piraquara hospitaleira cercada de verdes serras quantas belezas tu encerras nesta paisagem brasileira

Os teus floridos recantos a formosa cercania dão-nos amor e alegria enche nossalma de encantos

Teu povo bravo e altaneiro do progresso é construtor é valente benfeitor do trabalho é pioneiro

Tua gente homenageamos entoando a tua canção à cidade tradição que tanto nós sempre amamos

Segues em busca da glória cidade dos sonhos meus serás guiada por Deus na fulgente tragetória

Em ti a alma aflita terá a mais segura guarida porque serás em toda a vida orgulho do Paraná

 

 


GALERIA DE FOTOS